quarta-feira, 25 de junho de 2014

Eloy - Ocean [1977] - Germany / Alemanha


Este é um dos álbuns lendários que devem ser considerados e lembrados sempre em toda a história da música Música Progressiva. Uma coisa a se ressaltar e que chama muito a atenção, é o fato de que, considerando a singularidade da música proposta pelo ELOY, eu não tenho sido capaz de encontrar qualquer seguidor da banda em termos de estilo musical similar ao que tocavam. Quaisquer bandas lendárias como GENESIS, YES, PINK FLOYD, ELP, GENTLE GIANT, etc, tem seguidores que tocam sua música na mesma"veia", e isso não acontece aqui. Vai se saber o motivo...

Mas vamos ao álbum:

"Ocean" é um álbum de Space-Rock fantástico que capta perfeitamente o assunto/tema abordado musicalmente. O álbum é baseado no conto de Poseidon e Atlantis, está bem claro, obviamente, pelos nomes das faixas. 

A história da Atlântida apareceu pela primeira vez, nos diálogos: "Crítias" e "Timeu" de Platão, embora uma erupção vulcânica cerca de 1450 a.C. que destruiu Knossos poderia também muito bem ser a base para a história. Apesar da possibilidade de que a história de Platão é baseado em fatos históricos, seus diálogos eram em grande parte alegóricos e tentou conciliar a idéia do sobrenatural com explicações científicas do natural.

"Poseidon's Creation" (11:38), a primeira trilha, é uma canção que é tão famosa para o ELOY como provavelmente é "Firth of Fifth"de GENESIS ou "Shine on You Crazy Diamond", no caso de PINK FLOYD ou "Siberian Khatru" para o YES. A música começa muito bem com uma música ambiente lembrando um pouco da guitarra Gilmouriana, não preciso dizer de quem. O teclado e a percussão montam um ambiente de trabalho dinâmico. A combinação de guitarra e bateria é muito boa e se tornou um dos pontos altos e atrativos desta faixa. São destaques o fluxo brilhante da música, bem como a melodia trazendo uma sensação de paz de espírito, é como se você estivesse voando ao apreciar esta faixa, realmente! É uma música muito bem trabalhada e acessível a muitos ouvidos. A melhoria de Frank Bornemann quanto a qualidade vocal torna-a muito mais interessante para se desfrutar. Não dá para ficar entediado com essa MARAVILHA!

"Incarnation Of The Logos" (8:25) continua o nuance e o estilo "espacial" da faixa de abertura em mais uma vez, o trabalho de teclados - UMA DAS COISAS MAIS ESPETACULARES, EM SE TRATANDO DE SPACE ROCK DE TODO O UNIVERSO - que flui lindamente, seguido com a grande voz de Frank Bornemann. A principal atração desta faixa é provavelmente o interlúdio no meio da canção. Isso demonstra a grande combinação de solo de teclado e secção rítmica que inclui a guitarra e principalmente a bateria e o baixo de Klaus-Peter Matziol que é nitidamente superior ao antigo baixista e merece uma menção honrosa pelo trabalho aqui realizado.

"Decay of The Logos" (8:15) é uma trilha com maior unidade no vocal, o ritmo é, naturalmente, mais rápido do que quaisquer outras duas faixas que a precedem. A sua forma é mais enérgica. Mais uma vez destaque para o trabalho de baixo e teclado que forma uma dupla imbatível nesse disco, como se tivesse estabelecido um pacto de energia e beleza que iria perduras até os últimos segundos dessa pérola do Rock.

"Atlantis' Agony At June 5th - 8498, 13 PM" (15:35). Pela primeira vez a banda trabalha com uma faixa extremamente longa se baseando num tema polêmico e histórico apoiado numa longa narração inicial que percorre os por 8 minutos apoiados com um trabalho de teclado rítmico lento que me faz lembrar a longa introdução de "Shine on You Crazy Diamond". Em seguida um entorpecedor e caótico riff de baixo entra acompanhado da bateria (por sinal, deslumbrante), seguido da excelente voz de Frank. É o tipo de música para fechar os olhos, relaxar e deixar a melodia fluir em sua mente. 

Conclusão:

É uma obra-prima da música progressiva, que você não deve perder. Posso garantir que a música é acessível à maioria dos ouvidos. Tem uma composição com excelente organização, grande fluxo e maravilhosa nuance musical juntamente com melodia cativante em todas as canções que aparecem no álbum. O desempenho da banda é também excelente. Este álbum deve ser detida em qualquer coleção amante Prog. É UMA OBRIGATORIEDADE !!!!!!!!!!!!.


Tracks:
1. Poseidon's Creation (11:38)
2. Incarnation Of The Logos (8:25)
3. Decay Of The Logos (8:15)
4. Atlantis' Agony At June 5th - 8498, 13 p.m. Gregorian Earthtime (15:35)
Total Time: 43:53

Musicians:
- Frank Bornemann / guitars, vocals
- Klaus-Peter Matziol / basses, vocals
- Jürgen Rosenthal / drums, percussion, flute
- Detlev Schmidtchen / keyboards, mellotron, xylophone, voice
- The Boys Of Santiago / chorus (track 1)

Format: flac (image + cue) = 322 mb = Mega
Format: mp3 (320 kbs) = 147 mb = Mega

Um comentário:

Comente e Participe

Pesquisar este blog

WORLD