PROG SELECTION

PROG SELECTION
Pérolas da Música Progressiva de todas as eras.
Mostrando postagens com marcador mona lisa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador mona lisa. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Mona Lisa - Avant Qu´il Ne Soit Trop Tard [1978] [REMASTERED WITH BONUS TRACKS] - France / França



Avant Qu´il Ne Soit Trop Tard é o quarto álbum deste grupo francês que produzia um intrigante rock progressivo sinfônico e acabou por se tornar um dos melhores do gênero em seu país ao lado de grupos como Ange. Lançado numa fase mais decadente do rock progressivo, exatamente o ano de 1978, o disco acabou não se tornando um grande sucesso, o que não significa que se trata de um material menos interessante para fãs do gênero. A discografia do grupo é composta de cinco álbuns em sua carreira que começou em 1974 com o lançamento de L´Escapade e tendo Le Peti t Violin de Mr. Grégoire de 1977 como seu trabalho mais conhecido. Voltando a este trabalho, que já apresenta um dos destaques logo em sua abertura, um rock progressivo intenso com ótimo arranjo instrumental, passagens sinfônicas e um vocal fortíssimo de seu cantor Dominique Le Guennec. A primeira faixa já é a canção título e já mostra de forma contundente o estilo grandiloquente do grupo Mona Lisa. Suas canções, como por exemplo, La Peste, mostra um grupo entrosado e que dominava o gênero, principalmente no uso dos teclados, letras (cantadas em francês) conceituais e momentos que variavam entre calmos e teatrais com partes intensas onde todos os instrumentos buscam um clímax, com momentos mais intensos, porém sempre apoiados em boas melodias. Vale salientar que o grupo, por vezes, exagerava um pouco nos arranjos e em alguns momentos se torna um tanto repetitivo ou cansativo. Souvenirs de Naufrageours traz quase oito minutos de um rock progressivo mais tenso e delirante. Para os fãs do gênero, é tranquilamente perceptível a semelhança com o grupo Marillion em seus principais momentos e álbuns lançados durante os anos 1980, principalmente na fase que contava com o vocalista Fish. No lado B do álbum, a sutil faixa Lena. Aqui novamente vemos um belo trabalho de teclados, além de um especial destaque para as flautas que, em conjunto com os sintetizadores e teclados, mostram um belo som épico e que, apesar de um tanto datado, é extremamente agradável de ser apreciado. O álbum termina com a longa suíte Créature Sur La Steppe. Trata-se de um som épico, mais intrincado e passagens mais climáticas se constituindo num dos momentos mais bonitos deste belo trabalho do rock francês. O álbum foi reeditado anos depois em formato digital trazendo uma capa diferente daquela que foi lançada em seu país nos anos de 1970. A reedição também traz três faixas bônus, exatamente faixas gravadas ao vivo de versões para Souvenirs de Naufrageurs, Créature Sur La Steppe e Lena.

Release / Label:
FGBG 4107. AR

Tracks Listing:
1. Avant Qu´Il Ne Soit Trop Tard (3:30)
2. La Peste (6:00)
3. Souvenirs De Naufrageuer (7:00)
4. Tripot (4:00)
5. Lena (5:00)
6. Créature Sur La Steppe (9:30)
Comme Dans Un Rêve
L´Oppression
Avec Le Vent
Bonus tracks: 
7. Souvenirs De Naufrageurs (live Version) (8:00)
8. Creáture Sur La Steppe (live version) (6:35)
9. Léna (live version) (6:12)
Total Time: 55:47

Line-up:
- Jean-Luc Martin / bass
- Pascal Jordan / electric & acoustic guitar, synthesizer
- Francis Poulet / drums, percussions
- Jean-Paul Pierson / piano, organ, synthesizer, polyphonic orchestra, Mellotron
- Dominique Le Guennec / lead vocals, flutes, percussion

Format: ape (image + cue) = 427 mb = Torrent
Format: mp3 (320 kbps) = 135 mb = Narod

Pesquisar este blog

WORLD