Mostrando postagens com marcador pulsar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador pulsar. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Pulsar - Halloween [1978] - France / França



A Kingdom Records organizou uma grande turnê de promoção para o segundo álbum do PULSAR ao lado de um novo grupo denominado Sol Wading. Mas como álbum de estréia do Sol foi cancelado o grupo francês teve que pegar a estrada sozinho com uma agenda reduzida de cerca de 10 apresentações. Isso bastou para  a banda ganhar mais publicidade e aumentar as vendas de "Strands Of Future", foram mais de 40.000 copias. Michel Masson se juntou a banda no baixo e a banda estava em busca de um novo rótulo, já que o contrato com Kingdom Records tinha expirado. então assinaram com a CBS, que imediatamente empurrou a banda para escrever um novo material. Se mudaram para uma fazenda nas montanhas da região de Savoy, onde a maior parte de seu próximo trabalho foi escrito. Foram para o Aquarius Studios em Genebra com o ex-YES Patrick Moraz ajudando na produção e realizaram em dezembro de 1977 e o terceiro álbum intitulado 'Halloween".


'"Halloween" foi o esforço mais ambicioso criado pelo grupo, composto por duas peças de soslaio, que também foram ligados umas as outras. 

"Halloween Parte I" com cerca de 20 minutos incia-se com a voz aguda de um menino que introduz o ouvinte a esta composição deslumbrante. Em seguida, ondas de mellotron e flautas esvoaçantes, seguidas por um violão delicado, é definitivamente um das melhores partes dessa peça que contém grandes mudanças instrumentais e de humor, caracterizando orquestrações hipnóticas com poderosos sintetizadores cósmicos e cores acústicas melancólicas, mas também há algumas grandes "levadas" sinfônicas com mellotrons e sintetizadores dominantes e nervosas guitarras. Com certeza um das melhores criações do grupo, dividida em quatro seções, sendo em grande parte instrumental com apenas alguma narração feminina nos segundos iniciais e alguns vocais masculinos no final, combinando a abordagem PINK FLOYD com o velho KING CRIMSON e estéticas  do GENESIS. PULSAR tem som muito pessoal, cheio de atmosferas dramáticas e de contos de fadas na mesma trilha. Fantástico o uso inteligente de sintetizadores, muito profundos, paisagens sonoras Spacey e grande obra orquestral em mellotron. Uma peça de música para admirar.

'Halloween Parte II' é apenas um minuto mais curta do que a peça de abertura, mas não exatamente a par com a inspiração da banda durante os primeiros 20 minutos. Na verdade, este é mais um épico bem entregue pelo grupo, ainda mais diversificado e flexível, com a adição de alguns sax, flauta e violino, mas não consegue alcançar a profundidade instrumental da abertura. Novamente oferece um descontraído, Space-Music-Symphonic com foco atmosfera, limitando a presença de texturas melódicas, elétricas em uma questão de paisagens sonoras. O vocal de Gilbert Gandil chega muito perto ao CLEARLIGHT em vários momentos, especialmente durante a segunda parte, que apresenta interferência dos electronics.

Aquie está o mix mais equilibrado entre Sinfônico e Space Rock. Fortemente recomendado, a peça de abertura é absolutamente fantástica, a seguinte é muito boa também, mesmo que não que consistente. É de admirar esse grande trabalho da banda.

Obs: Para quem tem as primeiras versões em CD do álbum, esta vem com as faixas separadas diferentemente das versões anteriores que unem as faixas do antigo lado A do vinil e lado B.


Tracks:
1. Halloween Part I (20:30)
- a) Halloween Song (1:20)
- b) Tired Answers (9:30)
- c) Colours Of Childhood (6:00)
- d) Sorrow In My Dreams (3:40)
2. Halloween Part II (18:40)
- a) Lone Fantasy (4:50)
- b) Dawn Over Darkness (6:10)
- c) Misty Garden Of Passion (2:15)
- d) Fear Of Frost (3:35)
- e) Time (1:50)
Time: 39:10

Musicians:
- Victor Bosch / drums, percussion, vibes
- Gilbert Gandil / guitars, vocals
- Michel Masson / bass guitar
- Roland Richard / flute, clarinet, acoustic piano, strings
- Jacques Roman / keyboards, Mellotron, synthesizers,
Guest musicians:
- Xavier Dubuc / congas
- Sylvia Ekström / child voice (1a)
- Jean-Louis Rebut / voice (2e)
- Jean Ristori / cello

Format: flac (tracks + cue) = 400 mb = Torrent
Format: mp3 (320 kbps) = 99 mb = Yandex
Format: mp3 (320 kbps) = 99 mb = Mega

Pulsar - Halloween [1978] - France / França

sábado, 10 de maio de 2014

Pulsar - The Strands Of Future [1976] - France / França


Strands of the Future, o segundo disco do Pulsar, é uma bela obra de progressivo sinfônico com um lado "space" muito forte. É bem mais "space" que Pink Floyd ou Eloy e, ao contrário do Hawkwind, não se aproxima do psicodélico ou do hard. Enfim, é um legítimo, se me permitem inventar tal classificação, "space-sinfônico". O clima, assim como o de várias outras bandas francesas da época, é bem sombrio; não tanto, porém, quanto seu disco seguinte, o Halloween (talvez o mais sombrio prog sinfônico já feito).

A técnica necessária para a execução de suas músicas é simples, a virtude do Pulsar está certamente no bom gosto das composições e, especialmente, no ótimo emprego do Mellotron e do ARP Solina, que constantemente carregam e preenchem o disco com pesados sons de coral, violino, celo e outros.

A faixa título do disco é certamente a melhor. Trata-se de uma original obra com mais de 22 minutos cuja sucessão de climas me prende do início ao fim. O vocal nesta passa completamente desapercebido, apenas aparece para fazer uma rápida narrativa em francês.

Dentre as músicas progressivas mais curtas, certamente a instrumental Flight está entre minhas favoritas. Há certos elementos de Camel nesta. A forte entrada dela com baixo, bateria e, especialmente, Mellotron é inesquecível.

Windows e Fool's Failure são cantadas em inglês e bem menos "space" que as anteriores, embora ainda retenham esta característica. Windows é uma balada que se assemelha com as que estão no meio do Atom Heart Mother do Pink Floyd ("not my cup of tea"), enquanto Fool's Failure é uma boa e mais elaborada música com dramáticos vocais, lembra um pouco Van der Graaf Generator. 

Release / Label:
Belle Antique ‎– BELLE 121934- Japan, 2012


Tracks:
1. The Strands Of The Future (22:08) 
2. Flight (2:37) 
3. Windows (8:47) 
4. Fool's Failure (10:17)
Total Time: 43:49

Line-up:
- Victor Bosch / drums, percussion 
- Gilbert Gandil / guitars, vocals
- Roland Richard / flute, strings 
- Jacques Roman / organ, Mellotron, bass, synthesizers

Format: flac (image + cue) = 244 mb = Torrent
Format: mp3 (320 kbps) = 117 MB = Zippyshare / Depositfiles

Pulsar - The Strands Of Future [1976] - France / França


Strands of the Future, o segundo disco do Pulsar, é uma bela obra de progressivo sinfônico com um lado "space" muito forte. É bem mais "space" que Pink Floyd ou Eloy e, ao contrário do Hawkwind, não se aproxima do psicodélico ou do hard. Enfim, é um legítimo, se me permitem inventar tal classificação, "space-sinfônico". O clima, assim como o de várias outras bandas francesas da época, é bem sombrio; não tanto, porém, quanto seu disco seguinte, o Halloween (talvez o mais sombrio prog sinfônico já feito).

A técnica necessária para a execução de suas músicas é simples, a virtude do Pulsar está certamente no bom gosto das composições e, especialmente, no ótimo emprego do Mellotron e do ARP Solina, que constantemente carregam e preenchem o disco com pesados sons de coral, violino, celo e outros.

A faixa título do disco é certamente a melhor. Trata-se de uma original obra com mais de 22 minutos cuja sucessão de climas me prende do início ao fim. O vocal nesta passa completamente desapercebido, apenas aparece para fazer uma rápida narrativa em francês.

Dentre as músicas progressivas mais curtas, certamente a instrumental Flight está entre minhas favoritas. Há certos elementos de Camel nesta. A forte entrada dela com baixo, bateria e, especialmente, Mellotron é inesquecível.

Windows e Fool's Failure são cantadas em inglês e bem menos "space" que as anteriores, embora ainda retenham esta característica. Windows é uma balada que se assemelha com as que estão no meio do Atom Heart Mother do Pink Floyd ("not my cup of tea"), enquanto Fool's Failure é uma boa e mais elaborada música com dramáticos vocais, lembra um pouco Van der Graaf Generator. 

Release / Label:
Belle Antique ‎– BELLE 121934- Japan, 2012


Tracks:
1. The Strands Of The Future (22:08) 
2. Flight (2:37) 
3. Windows (8:47) 
4. Fool's Failure (10:17)
Total Time: 43:49

Line-up:
- Victor Bosch / drums, percussion 
- Gilbert Gandil / guitars, vocals
- Roland Richard / flute, strings 
- Jacques Roman / organ, Mellotron, bass, synthesizers

Format: flac (image + cue) = 244 mb = Torrent
Format: mp3 (320 kbps) = 117 MB = Zippyshare / Depositfiles

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Pulsar - Pollen [1975] - France / França


Uma das maiores pérolas do mundo progressivo de todos os tempos. Essa banda conseguiu criar um álbum tão viajante e ao mesmo tempo tão sinfônico e melódico que acho muito difícil não se apaixonar pelo disco na primeira audição. Flautas, mellotron, guitarras sintetizadas (descaradamente inspiradas no mestre David Gilmour), sintetizadores poderosos, bateria também lembrando Nick Mason, tudo disso formam as composições mais sensacionais do prog sinfônico francês de todos os tempos. Os vocais em francês são etéricos nos remetendo a um clima celestial que o YES, nos seus álbuns mais espirituais foi capaz de realizar. Delicie-se com PULSAR e qualquer discordância de opinião, por favor comente.

 
Released / Label:
Musea ‎– FGBG 4015.AR, Baillemont ‎– CD 935
BPE 104 - France,1990

Track Listing:
1. Pulsar (3:00) 
2. Apaisement (7:30) 
3. Puzzle / Omen (8:00) 
4. Le Cheval De Syllogie (7:00) 
5. Pollen (13:05)
Total Time: 38:35

Line-up:
- Victor Bosch / drums, percussion 
- Gilbert Gandil / guitars, vocals 
- Roland Richard / flute, strings 
- Jacques Roman / keyboards, synths 
- Philippe Roman / bass, vocals 
- Carmel Williams / voice (3)

Format: flac (tracks + cue) = 224 mb =  Yandex
Format: flac (image + cue) = 224 mb = Torrent

Pulsar - Pollen [1975] - France / França


Uma das maiores pérolas do mundo progressivo de todos os tempos. Essa banda conseguiu criar um álbum tão viajante e ao mesmo tempo tão sinfônico e melódico que acho muito difícil não se apaixonar pelo disco na primeira audição. Flautas, mellotron, guitarras sintetizadas (descaradamente inspiradas no mestre David Gilmour), sintetizadores poderosos, bateria também lembrando Nick Mason, tudo disso formam as composições mais sensacionais do prog sinfônico francês de todos os tempos. Os vocais em francês são etéricos nos remetendo a um clima celestial que o YES, nos seus álbuns mais espirituais foi capaz de realizar. Delicie-se com PULSAR e qualquer discordância de opinião, por favor comente.

 
Released / Label:
Musea ‎– FGBG 4015.AR, Baillemont ‎– CD 935
BPE 104 - France,1990

Track Listing:
1. Pulsar (3:00) 
2. Apaisement (7:30) 
3. Puzzle / Omen (8:00) 
4. Le Cheval De Syllogie (7:00) 
5. Pollen (13:05)
Total Time: 38:35

Line-up:
- Victor Bosch / drums, percussion 
- Gilbert Gandil / guitars, vocals 
- Roland Richard / flute, strings 
- Jacques Roman / keyboards, synths 
- Philippe Roman / bass, vocals 
- Carmel Williams / voice (3)

Format: flac (tracks + cue) = 224 mb =  Yandex
Format: flac (image + cue) = 224 mb = Torrent

Pesquisar este blog

WORLD