Mostrando postagens com marcador satin whale. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador satin whale. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 21 de julho de 2015

Satin Whale - As A Keepsake [1977] - Germany / Alemanha


Embora não muitas vezes produzam os melhores resultados, eu estou constantemente intrigado com a idéia de músicos Prog tentando encontrar um equilíbrio entre o tecnicismo progressivo e elementos comerciais. É uma linha tênue, tentando agradar a sua base de fãs existente que espera algo com mais substância, e apelando a um novo público de rádio comercial e, especialmente, mantendo a gravadora feliz.

Infelizmente, este álbum não revive o padrão que definiu em seu verdadeiro clássico, o debut de 1974 "Desert Places". Esse álbum balançou com uma grande fúria, tinha de guitarra matadora até um trabalho de órgão sem fim, e mesmo se os vocais fossem um pouco ásperos, as melodias reais eram muito decentes. "As A Keepsake", no entanto, é muitas vezes descaradamente comercial e pouco exigente, eu não tenho certeza se isso foi a decisão da banda, ou o resultado da pressão de sua gravadora exigindo alguns "hits". O álbum é especialmente arruinado por alguns desagradáveis ​​backing vocals femininos. Eles aparecem na maioria das faixas e realmente matam o álbum. Enquanto eu acho que dá à banda um único ângulo, é realmente um prejuízo para o disco.

Tracks:
1. Holidays (5:39) 
2.Reminiscent River (4:12) 
3. Devilish Roundabout (5:43 )
4. Bit Foolish - Bit Wise ( 5:58 )
5. Shady Way (4:14) 
6. Goin' Back to Cologne (3:54 )
7. Kew Gardens (4:26 )
8. Maree (4:38) 
9. No Time to Lose (4:26) 
Time: 43:10

Musicians:
- Thomas Bruck / bass, vocals 
- Gerald Dellman / organ, piano, keyboards 
- Wolfgang Hieronymi / percussion, drums 
- Dieter Roesberg / guitar, wind, guitar (12 string), slide guitar

Format: mp3 (320 kbps) = 102 mb = Yandex

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Satin Whale - Lost Mankind [1975] - Germany Alemanha


Quando Satin whale gravou seu segundo LP eles encontraram mais de um discreto estilo mas infelizmente perderam o poder de sua estréia. O álbum começa um pouco fraco com as três primeiras faixas, mas com a peça de 11 minutos "Go Ahead" vem certamente a melhor e mais versátil faixa aqui com grande sax e flauta. "Trace Of Sadness" possui um poderoso órgão, "Song for Thesy" está muito dominada por flauta, lembrando um pouco do Focus e tem algumas seções agradáveis ​​bateria e marimba entre as partes vocais. A flauta tem um papel importante na faixa final "Beyond The Horizon", além do bom e velho hammond. Assim, em geral muito mais do que 50% deste disco pode ser considerada como muito bom Art Rock dos anos 70.


Tracks:
1. Six O'Clock (3:47)
2. Lost Mankind (5:40)
3. Reverie (1:37)
4. Go Ahead (11:18)
5. Trace Of Sadness (5:26)
6. Midnight Stone (2:43)
7. Song For 'Thesy' (4:50)
8. Beyond The Horizon (7:10)
Time: 42:31

Musicians:
- Thomas Brück / bass, vocals
- Gerald Dellmann / keyboards
- Dieter Roesberg / guitar, saxophone, flute, vocals
- Wolfgang Hieronymi / drums

Format: mp3 (320 kbps) = 110 mb = Yandex

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Satin Whale - Desert Places [1974] - Germany / Alemanha


Fundado em 1971, a banda alemã Satin Whale originária de Cologne. Formou-se com Thomas Brueck no baixo, Gerald Dellmann nos teclados, Horst Schöffgen na bateria e Dieter Roesberg em múltiplos instrumentos e  vocais. Há rumores que eles começaram como um grupo instrumental, antes de ir acrescentando vocais em seu repertório, em seguida, assinaram com a lendária gravadora Brain lançando seu primeiro disco "Desert Places" em 1974.

Satin Whale desempenhou um típico e tradicional Kraut/Progressive Rock, soando um pouco como um TOMORROW'S GIFT ou EILIFF, com referências também para a cena Prog britânica, principalmente por causa das letras em inglês e as influências de blues evidentes.

Este álbum de estréia apresenta um rico e enérgico rock progressivo com faixas longas, caracterizadas por temas instrumentais estendidos, bons interplays, dinâmicas e poderosas seções em todas as faixas.A rítmica baseia-se nas fortes guitarras, seção rítmica jazzy, riffs cortantes e o uso constante de órgão Hammond em um mood. Há bastante psicodélismo em algumas partes, flauta a la Jethro Tull e inspirações clássicas mais discretas em alguns prelúdios ou o uso de harsichord, mas a principal força continua a ser as sessões abstratas de jam-rock, as partes Hard Rock e os solos de guitarra e órgão. Certamente há algumas surpresas que podem ser encontrados no álbum, que é fortemente influenciado pelos monstros alemães do passado. Mas a banda oferece umas boas pausas e "Desert Places" contém uma abundância de mudanças de clima para satisfazer o ouvinte Prog.


Tracks:
1.Desert Places (6:48)
2.Seasons Of Life (6:41)
3.Remember (9:38)
4.I Often Wondered (7:15)
5.Perception (12:56)
Total Time: (43:18)

Musicians:
- Thomas Brück / bass, vocals
- Gerald Dellmann / keyboards
- Dieter Roesberg / guitars, saxophone, flute, vocals
- Horst Schöffgen / drums

Format: mp3  (320 kbps) = 98 mb = Yandex
Format: mp3 (320 kbps) = 99 mb = depositfiles / pass = progsounds

Pesquisar este blog

WORLD