Mostrando postagens com marcador solaris. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador solaris. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Solaris - NOAB [2005] - Hungary / Hungria


Para aqueles que apreciam a música do Solaris este é um lançamento essencial. Ele contém grande jogo de todas os membros. A flauta de Attila Kollar é proeminente. O destaque é a trilha "NOAB", um épico marcando 21 minutos de duração. Esta faixa contém elementos da música "LA 2026" e partes de "Nostradamus" e por isso é muito mais um híbrido. O resto das faixas são bem agradáveis. Indicado para os fãs da banda.


Tracks:
1. NOAB (21:48)
2. Szep, uj vilog (3:57)
3. Marrakesh (7:44)
4. Toatelle (5:54)
5. Ujjaszuletes-2 (13:09)
6. Dr. MabuseEzR szame (Absolute bonus) (5:31)
Time: 58:03

Musicians:
- Csaba Bogdán / guitars
- István Cziglán / guitars
- Róbert Erdész / keyboards
- Gábor Kisszabó / bass
- Attila Kollár / flute
- Ferenc Raus / drums

GUEST:
- Vilmos Tóth / drums

Format: flac (image) = 356 mb = Mega
Format: mp3 (320 kbps) = 151 mb = Mega

Solaris - NOAB [2005] - Hungary / Hungria


Para aqueles que apreciam a música do Solaris este é um lançamento essencial. Ele contém grande jogo de todas os membros. A flauta de Attila Kollar é proeminente. O destaque é a trilha "NOAB", um épico marcando 21 minutos de duração. Esta faixa contém elementos da música "LA 2026" e partes de "Nostradamus" e por isso é muito mais um híbrido. O resto das faixas são bem agradáveis. Indicado para os fãs da banda.


Tracks:
1. NOAB (21:48)
2. Szep, uj vilog (3:57)
3. Marrakesh (7:44)
4. Toatelle (5:54)
5. Ujjaszuletes-2 (13:09)
6. Dr. MabuseEzR szame (Absolute bonus) (5:31)
Time: 58:03

Musicians:
- Csaba Bogdán / guitars
- István Cziglán / guitars
- Róbert Erdész / keyboards
- Gábor Kisszabó / bass
- Attila Kollár / flute
- Ferenc Raus / drums

GUEST:
- Vilmos Tóth / drums

Format: flac (image) = 356 mb = Mega
Format: mp3 (320 kbps) = 151 mb = Mega

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Solaris - Back To The Roots [2000] - Hungary / Hungria


A fim de celebrar o seu 20º aniversário o Solaris decidiu lançar um material inédito do período entre 1980-2000. Este CD é o primeiro de uma série de lançamentos. O som é decente e é emocionante para perceber o quão rápido o Solaris mudou de uma banda que estava à procura de uma direção em um grupo dinâmico e espetacular.

A primeira composição "Revival" tem um som polido que caracteriza lotes de flauta e guitarra em um trabalho cru e dificilmente aparecem teclados. A parte final contém um grande jogo sensacional na flauta e violão, o clima tem um tom Morish. A segunda faixa "Counterpoint - original version" é a versão original de seu primeiro single, é o Solaris típico e único: uma mistura progressiva de Jazz, Música Clássica e Rock. Em seguida, a suíte "Solaris" (com quase 20 minutos) que é carregado com quebras fortes e solos, os teclados estão mais presentes. Em seguida é a inédita "Distant Fire", que tem um belo trabalho na flauta e violão, mas esta composição início soa um pouco imatura, a banda ainda está à procura de sua fórmula. A última faixa é a emocionante, muito propulsora "Undefeatable" em uma versão de 10 minutos com interação entre a sensacional guitarra, flauta e teclados e surpreendente solos, este é o Solaris sua marca registrada, esplêndido!

Este CD é um bom complemento para seus álbuns anteriores, mas você tem que olhar para ele como um bônus para os fãs.


Tracks:
1. Revival (11:53)
2. Counterpoint - original version (4:16)
3. Solaris Suite parts: (18:09)
a) Ancient Viking
b) Solaris
c) Waves of the Dune
4. Distant Fire (4:36)
5. Undefeatable - 1980 (9:05)
Total: 48:01

Musicians:
- István Cziglán / guitars
- Róbert Erdész / keyboards
- Attila Kollár / flute
- Attila Seres / bass
- Vilmos Tóth / drums

Format: flac (image) = 316 mb = Mega
Format: mp3 (320 kbps) = 126 mb = Yandex

Solaris - Back To The Roots [2000] - Hungary / Hungria


A fim de celebrar o seu 20º aniversário o Solaris decidiu lançar um material inédito do período entre 1980-2000. Este CD é o primeiro de uma série de lançamentos. O som é decente e é emocionante para perceber o quão rápido o Solaris mudou de uma banda que estava à procura de uma direção em um grupo dinâmico e espetacular.

A primeira composição "Revival" tem um som polido que caracteriza lotes de flauta e guitarra em um trabalho cru e dificilmente aparecem teclados. A parte final contém um grande jogo sensacional na flauta e violão, o clima tem um tom Morish. A segunda faixa "Counterpoint - original version" é a versão original de seu primeiro single, é o Solaris típico e único: uma mistura progressiva de Jazz, Música Clássica e Rock. Em seguida, a suíte "Solaris" (com quase 20 minutos) que é carregado com quebras fortes e solos, os teclados estão mais presentes. Em seguida é a inédita "Distant Fire", que tem um belo trabalho na flauta e violão, mas esta composição início soa um pouco imatura, a banda ainda está à procura de sua fórmula. A última faixa é a emocionante, muito propulsora "Undefeatable" em uma versão de 10 minutos com interação entre a sensacional guitarra, flauta e teclados e surpreendente solos, este é o Solaris sua marca registrada, esplêndido!

Este CD é um bom complemento para seus álbuns anteriores, mas você tem que olhar para ele como um bônus para os fãs.


Tracks:
1. Revival (11:53)
2. Counterpoint - original version (4:16)
3. Solaris Suite parts: (18:09)
a) Ancient Viking
b) Solaris
c) Waves of the Dune
4. Distant Fire (4:36)
5. Undefeatable - 1980 (9:05)
Total: 48:01

Musicians:
- István Cziglán / guitars
- Róbert Erdész / keyboards
- Attila Kollár / flute
- Attila Seres / bass
- Vilmos Tóth / drums

Format: flac (image) = 316 mb = Mega
Format: mp3 (320 kbps) = 126 mb = Yandex

terça-feira, 7 de julho de 2015

Solaris - Nostradamus (Book of Prophecies) [1999] - Hungry / Hungria



Este álbum conceitual surgiu após a banda se apresentar no festival americano Progfest. O sucesso foi tanto que eles decidiram gravar outro álbum juntos, e este é o resultado. Para muitos fãs este é o seu melhor registro. Infelizmente o guitarrista original faleceu antes desta gravação, e no encarte a banda diz: "Todos nós sentimos que o velho Czigi deveria estar aqui entre nós". A música em si é principalmente "recheada" de flautas com uma quantidade razoável de guitarras, e os corais dão um toque agradável.

A primeira música "Book Of Prophecies" é um épico dividido em três partes com duração total  de 20 minutos. Ela abre com uma passagem bem dramática e teatral, logo após a  flauta e bateria assumirem a direção. Ela continua na seção dois com um longo pedaço 13 minutos. Um coro masculino entra e é bastante poderoso. A guitarra aparece antes de um grande vocal feminino. Esta parte é cativante, e o coro masculino está de volta. Isso é fantástico! Ficamos com vocais masculinos e femininos com excelente guitarra indo e vindo. O destaque da terceira seção é os solos de guitarra bem como o coro masculino agradável. "The Duel" tem  órgão e flauta. Algumas boas linhas de baixo guitarra e vocais para terminá-la. 

"The Lion's Empire" tem algum peso em um minuto. Alguns bons graves, um minuto depois seguido por uma melodia agradável e guitarra lenta. Seção uptempo de seis minutos em flauta terminando-a. "Wings Of The Phoenix" é liderada pelo violão e flauta. "Ship Of Darkness" apresenta alguns tambores grandes que são implacáveis. Guitarra e flauta com algum peso chegam antes de 4 minutos. Um baixo, bateria e flauta traçam a melodia aos 5 minutos. 

"Wargames" é basicamente um Prog Rock com "rosto" oitentista, apresenta belos vocais femininos mais tarde. "The Moment Of Truth" é composta de duas músicas. O sax abre o processo como um som agradável e sólido. A guitarra é excelente. Uma passagem edificante antes de 3 minutos. O coro masculino surge e a primeira seção termina com uma bela guitarra. A segunda seção é bastante pastoral com piano, violão suave e cordas.

É difícil não se encantar com esse disco que fez ressurgir o Solaris antes da virada do milênio. É um disco muito sinfônico e bonito.

Tracks:
1 to 3. Book Of Prophecies (20:35)
4. The Duel (7:20)
5. The Lion's Empire (6:40)
6. Wings Of The Phoenix (5:08)
7. Ship Of Darkness (5:46)
8. Wargames (4:28)
9 to 10. The Moment Of Truth (6:40)
11. Book Of Prophecies Radio Edit (3:25)
Time: 60:02

Musicians:
- Casaba Bogdan / guitar
- Robert Erdesz / Waldorf wave, Akai S6000, Moog prodigy, Emu protheus XR-2, Doepfer MS-404, Korg Mi, Yamaha TX 802
- Laszlo Gomor / Sonor drums, Zildjian cymbals
- Gabor Kisszabo / Washburn & Fernandes jazz-bass
- Attila Kollar / flute, vocals
- Tamas Pocs / Warwick fortress bass, Rickenbacker-4001

Format: ape (image) = 397 mb = Mega
Format: mp3 (320 kbps) = 137 mb = Mega

Solaris - Nostradamus (Book of Prophecies) [1999] - Hungry / Hungria

terça-feira, 20 de maio de 2014

Solaris - Marsbéli Krónikak [SHM- CD REMASTERED WITH BONUS TRACKS] [1984] - Hungary / Hungria




Solaris é uma banda de Prog Sinfônico húngara que apenas adora romances de ficção científica. Seu nome vem do romance escrito por Stanisław Lem e o título de seu álbum de estréia "Marsbéli Krónikák" (The Martian Chronicles) vem do famoso livro de Ray Bradbury. A música é quase toda instrumental salvo uma introdução vocal eletrônica que não é marciana, mas, na verdade, húngara. O suposto tema do álbum é para destacar o enredo do romance onde os seres humanos fogem da Terra (que é comparada a uma lixeira) e vão colonizar Marte.

A banda foi formada em Budapeste em 1980 e passou por muitas formações antes de liberar este álbum. Este é um álbum estranho no mundo do Prog, por ele praticamente não ter assinaturas de tempo estranhas e seu foco é diretamente sobre o desenvolvimento melódico que soa como uma forma progressiva nos anos 80. Embora existam sons do Leste Europeu escassos fazendo o seu caminho na mistura, eu tenho que dizer que os sons da flauta, violão e teclados me fazem pensar mais de um álbum feito por uma banda dos Andes, como Los Jaivas se tivessem aumentado o seu som sinfônico e fazer dele um pouco mais agressivo. Aliás a agressividade de algumas canções introduz no cenário do gênero, algo que se pode classificar como um Heavy Progressivo.

 Neste disco o grande destaque é a interação entre as guitarras com a flauta e teclados, os demais instrumentos trabalham para engrandecer esta interação não se destacando tanto assim. Eu só posso acrescentar que se trata de um grande disco, numa década muito ruim para o Progressivo

 INDISPENSÁVEL !!!


Tracks:
1. Marsbéli krónikák I. (The Martian Chronicles I.) (3:34)
2. Marsbéli krónikák II.-III. (The Martian Chronicles II.-III.) (6:32)
3. Marsbéli krónikák IV.-VI. (The Martian Chronicles IV.-VI.) (13:15)
4. M'ars poetica (6:39)
5. Ha felszáll a köd (If the Fog Ascends) (3:58)
6. Apokalipszis (Apocalypse) (3:44)
7. E-moll elõjáték (Prelude in E Minor) (0:29)
8. Legyõzhetetlen (Undefeatable) (2:46)
9. Solaris (4:53)
Bonus tracks:
10. Orchideák bolygója (The Planet of Orchids) (3:17)
11. A sárga kör (The Yellow Circle) (4:54)
Total Time: 54:01

Musicians:
- Istvan Czigman / electric & acoustic guitar, synthesizer, keyboard effect, percussion
- Robert Erdesz / piano, organ, synthesizer, keyboard effect
- Laszlo Gomor / drums, percussion, synthesizer
- Attila Kollar / flute, recorder, synthesizer, keyboard efect, percussion, vocals
- Tamas Pocs / bass
+
Guests:
- Casaba Bogdan / guitar
- Gabor Kisszabo / bass
- Ferenc Raus / drums, percussion
- Vilmos Toth / percussion

Format: flac (tracks + cue) = 325 mb = Torrent
Format: flac (tracks + cue) = 326 mb = Yandex / Depositfiles / pass = makina

Solaris - Marsbéli Krónikak [SHM- CD REMASTERED WITH BONUS TRACKS] [1984] - Hungary / Hungria


Pesquisar este blog

WORLD